Carol Munhoz: Morar em Floripa + Morro das Pedras

Atualizado em: 16/02/2016 01:50:20 por Gabi Vieira

Eu me apaixonei por Floripa aos poucos, indo uma vez por ano, sempre passando apenas alguns poucos dias na ilha. E o fato é que você pode ficar durante um mês inteiro, e ainda assim não conhecer nem metade dela. Porém, tem uma coisa muito importante que você precisa saber caso nunca tenha ido pra Florianópolis: Um dia, você vai conhecer alguma praia ou algum canto desse lugar, que vai te fazer suspirar e dizer: “Obrigada, Deus!” E pode ser que seja só pela linda paisagem, ou, como foi o meu caso, um feeling maravilhoso de “Eu pertenço a esse lugar!”. Tem uma famosa frase em inglês que diz “Home is where the heart is” (algo como “A sua casa é onde o seu coração está”), e eu percebi isso de verdade quando me mudei pra Floripa. Mais especificamente pro sul da ilha, próximo à praia Morro das Pedras, da qual vou falar aqui hoje.

Eu nunca fui uma pessoa de praia. Sempre fui mais fã do frio e não do sol quente de verão. Quando me mudei pra Floripa (do interior de São Paulo – onde vivi minha vida inteira até então), em Junho, eu levei um choque, pois não imaginava que eu poderia curtir tanto uma praia com frio! Dias lindos de sol, mas com temperaturas bem baixas, perfeitos para caminhar no fim da tarde sem o sol torrando a sua cabeça. Vestindo shorts e blusa de frio (que parece ser o uniforme padrão do inverno de Floripa).

E pode ter certeza que o primeiro lugar que senti isso foi no Morro das Pedras. A primeira vez que fui naquela praia, e eu vi o quanto ela era vazia no inverno (porque a água é muito gelada e as ondas muito fortes – por isso é também um dos points preferidos dos surfistas), e com pouquíssimas construções, vegetação maravilhosa (a primeira impressão que tive era que eu estava numa praia daqueles filmes americanos!), trapiches que saem das casas e dão na praia e dão ainda mais charme à paisagem, e sem contar o acesso bem limitado de carros, a vista pra Ilha do Campeche, e obviamente, o melhor nascer do sol da ilha… Eu logo percebi que aquele era um lugar mágico. Dia após dia eu ia até a praia pra simplesmente dar uma caminhada (que depois virou um conjunto: bicicleta – caminhada – banho de mar), e cada dia eu via mais um detalhe que me encantava. Mais um fim de tarde colorido. Mais uma maré alta com ondas fortes. Mais um dia de neblina em que quase não se via o final da praia. Todo aquele encanto só aumentou depois do primeiro dia que fui assistir ao nascer do sol. E depois mais ainda quando fiquei sabendo que aquele local era o preferido das baleias virem amamentar seus filhotes durante o inverno.

São muitos fatores que fazem essa praia ser especial pra mim, e eu poderia ficar falando dela durante horas. Mas ao invés disso, vou pedir pra você tirar pelo menos algumas horinhas do seu dia turistando pelos pontos mais famosos de Floripa, e ir conhecer o Morro das Pedras. Garanto que não vai se arrepender.

PS: Aproveita que você está lá, e vai comer no London Café Bar. Sem dúvida nenhuma o melhor, mais barato, mais encantador e aconchegante restaurante do sul da ilha! Se não da ilha toda! Mas eu pretendo falar mais desse lugar, quem sabe numa próxima oportunidade… ;)

Carol Munhoz – Colaboradora  Equipe Vem Floripar

_DSC1887-2_zpsndpg2gv4 (1)